quinta-feira, fevereiro 29
Shadow

ACS discute projeto que beneficia policiais militares e bombeiros que retornarem ao serviço ativo

A ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) tem trabalhado para propor mudanças na legislação que beneficiem policiais e bombeiros.

Nesta terça-feira (19), o presidente da entidade, cabo Mario Sérgio Couto, participou de uma reunião com o comandante geral da PM, coronel Waldir Ribeiro Acosta, e o deputado estadual Felipe Orro, para tratar do projeto de lei dos designados.

Segundo Couto, a proposta irá contemplar policiais militares e bombeiros que retornarem ao serviço ativo, com uma promoção a mais em um novo quadro suplementar.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

2 Comments

  • Rubens

    Qualquer profissional quando termina seu tempo de trabalho, ele retorna com salarios integral, exemplo os vigias de banco, eles ficam 30 anos, aposentam e voltam recebe um salário igual o da ativa. Porém os Policiais Militares quando volta recebe apenas 30%, mais respondem integralmente os processos oriundos do trabalho pos aposentadoria, se houve justiça ou respeito pelo policial aposentado, a lei também deveria ser mudada, ou seja, responder apenas 30%, mais isso é ilegal, logo esta convocação e os proventos também são ilgais e imorais. Com a palavra os juristas…. Ha que se lembrar que os subsídios da PMMS, tem uma discrepância terrivel, observem: o subsídio do soldado é 20% do coronel em início de carreira ( coronel com um quinquênio) de todos este é o maior absurdo, nem na época do Império era possível tal patente a um oficial superior, imaginem agora…Logo teremos que rever esta forma e formula que foi feita a tabela de salarios dos funcionários PM&BM MS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *