sexta-feira, maio 24
Shadow

Militares terão reposição da inflação e aguardam correção dos níveis

A aplicação do índice de 3,73% sobre o subsídio dos servidores públicos estaduais, incluindo dos militares, será implementada e a negociação acerca das distorções dos níveis está sendo negociada.

A informação foi repassada pelo deputado estadual Coronel David durante reunião na manhã desta sexta-feira (10). O encontro contou ainda com a presença dos comandantes-gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, dos presidentes de associações de praças e de oficiais.

A proposta da Revisão Geral Anual já foi encaminhada para a Assembleia Legislativa e representa apenas a reposição da inflação dos últimos 12 meses.

Segundo o presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), ST Moura, o índice não é suficiente para repor as perdas dos últimos anos.

Por isso, analisa, a correção das distorções dos níveis torna-se uma medida ainda mais importante para garantir a valorização e a motivação dos profissionais que servem nas forças de segurança.

“Essa mudança não apenas promove justiça, mas também fortalece as instituições. Investir no desenvolvimento e no bem-estar dos militares é fundamental para garantir a proteção e a tranquilidade da população”, considerou.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

2 Comments

  • Ari Sidnei Pantaleão

    Com relação as melhorias para os policiais militares integrantes do CVMRR, principalmente as praças, até o presente momento não houve nenhuma demanda ou ação que perpetue em benefícios e questões significativas para que possa amenizar as distorções dessa classe policial, que a muitos anos e consequentemente seguem prejudicados.

  • Manoel Amauri

    Os professores receberam 12% de reajuste, tem funcionários de outros órgãos públicos do estado tbm vão ganhar 12%. E os PMs e Bombeiros será que vai ser um reajuste paliativo como sempre? Nos anos de 1990 como soldado eu cheguei a ter como salário até 14 salários mínimos ,hoje como 2* sargento não chega a 6.7 salários mínimos. É só defasagem exorbitante!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *