quinta-feira, abril 25
Shadow

Jurídico da ACS garante liberdade para associado responder por acusação de tentativa de homicídio

A assessoria jurídica da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) conseguiu, na última semana, que um associado respondesse por tentativa de homicídio em liberdade.

Segundo a defesa, o policial militar foi preso em flagrante, que, mais tarde, foi convertido em prisão preventiva pelo juiz de plantão. O jurídico, em um trabalho conjunto, colocaram o policial em liberdade após pedido interposto junto a Vara do Tribunal do Júri.

A liberdade provisória é um direito que assiste a todo cidadão que é primário, tem bons antecedentes e trabalho lícito.

“Temos realizado em conjunto um trabalho de atendimento ao associado na busca por resultados positivos. E, neste modelo de atuação, enquanto um advogado atende a prisão em flagrante e audiência de custódia, o outro profissional cuida do peticionamento de forma a agilizar o mais rápido possível as técnicas de defesa. Tem sido árduo o trabalho, mas ver os familiares recebendo de volta ao seio da família o militar que, por vezes, se vê preso por algum motivo, é a nossa maior satisfação”, diz a defesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *