Após atuação da ACS, Justiça manda soltar preso na Operação Oiketicus - ACS PMBM MS
quinta-feira, dezembro 8 Telefone: (67) 3387-8501

Após atuação da ACS, Justiça manda soltar preso na Operação Oiketicus

Compartilhar
Advogado Edmar Soares da Silva tem atuado na defesa dos policiais denunciados. (Foto: Jeozadaque Garcia/Arquivo)
Advogado Edmar Soares da Silva tem atuado na defesa dos policiais denunciados. (Foto: Jeozadaque Garcia/Arquivo)

O juiz Alexandre Antunes da Silva, da Auditoria Militar, revogou a prisão preventiva do associado R. L. R., denunciado na Operação Oiketicus, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

A defesa foi feita pelo advogado Edmar Soares da Silva, que integra a assessoria jurídica da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul).

A decisão leva em conta, além dos argumentos apresentados pela defesa, o pedido do próprio MPE (Ministério Público Estadual), que, após análise do conjunto probatório, não encontrou provas da participação do sócio nos crimes de organização criminosa e corrupção.

Agora, devido ao trabalho feito pelo jurídico da ACS, o associado responderá o processo em liberdade.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.