sexta-feira, junho 21
Shadow

ACS se reúne com titular da SAD e apresenta demandas dos militares estaduais

A ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) protocolizou, no último dia 29, uma série de demandas para a categoria. Os projetos já foram amplamente discutidos em conjunto com a diretoria Executiva e representantes das Regionais.

O documento foi entregue durante reunião entre a titular da SAD (Secretaria de Estado de Administração), Ana Carolina Nardes, e o presidente da ACS, cabo Mario Sérgio Couto. O diretor da Regional em Coxim, sargento Cícero José de Lima, e o diretor de Subtenentes e Sargentos da entidade, subtenente Sérgio Maciel, também participaram do encontro.

Couto falou sobre o principal anseio da tropa: reposição inflacionária. Nos últimos seis anos, os militares estaduais amargam grandes perdas salariais. Desde 2015, o governador Reinaldo Azambuja sequer repôs a inflação do período e, assim, os policiais militares e bombeiros acumulam defasagem salarial que ultrapassa os 30%.

Além disso, pediu celeridade nas promoções, a realização do CFC (Curso de Formação de Cabos) e CHO (Curso de Habilitação de Oficiais), além de várias outras demandas antigas da tropa, como a hora-extra remunerada, efetivação de carga horária semanal para os militares e a implantação de adicional para aquisição de fardamentos para cabos e soldados.

A entidade quer ainda a aprovação do Projeto de Lei que irá regulamentar a promoção de praças designados. A proposta, lembra o presidente da ACS, foi uma promessa de campanha do governador Reinaldo Azambuja.

Por fim, a ACS oficializou, mais uma vez, o pedido de convocação dos remanescentes do concurso para soldados da Polícia Militar realizado em 2018. “A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul vem encontrando dificuldade com a defasagem de efetivo, devido ao grande número de policiais militares transferidos para a reserva/reforma”, descreve o documento.

“Considerando que existe um número expressivo de candidatos aprovados, solicitamos que sejam convocados para formação de novos policiais militares”, finalizou.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

ACS: Gestão presente, solidária e participativa 

1 Comment

  • bernardo yarzon

    bom dia,essa promoçao de designado seria para todos que retornaram? meu caso porexemplo,retornei em 2003,pelo sistema cvmi,sai em 2009,eu teria direito caso seja concretizado essa proposta? Obrigado amigos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *