terça-feira, março 5
Shadow

ACS: Gestão atuante, com compromisso e responsabilidade com o associado

A ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) está há mais de 40 anos à disposição da família policial e bombeiro militar, oferecendo uma série de serviços e benefícios de qualidade aos seus sócios, dependentes e pensionistas.

A principal bandeira de luta da atual gestão, eleita em março de 2022, é a justiça social a a reaproximação com os associados.

Também investimos no bem estar dos associados. O clube de campo da entidade, localizado no bairro Chácara das Mansões, às margens da BR-163, na saída de Campo Grande para São Paulo (SP), passou por uma reformulação para garantir mais segurança e conforto aos usuários.

Adquirida em 2012, a área, de 3,5 hectares, tem campo de futebol, piscinas, salão de festas, quiosques e também serve como extensão do hotel de trânsito. O espaço já se tornou um ponto de encontro da família policial e bombeiro militar.

Nossa entidade tem feito um trabalho humanizado junto aos sócios. Juntamente com a diretoria Executiva e as Regionais, temos percorrido todo o Estado e trabalhado, de maneira incansável, para aproximar ainda mais nossos sócios, além de resgatar a credibilidade da ACS, tão arranhada em tempos passados.

Prevista no Estatuto Social, a mensalidade extra que é debitada em folha dos associados no final do ano é revertida diretamente para melhorias na entidade.

Além das melhorias em infraestrutura, com investimentos no hotel e modernização das redes da sede e das regionais, os valores arrecadados são destinados a pagamentos como, por exemplo, o auxílio social. Trata-se de um importante instrumento de apoio aos associados e dependentes em caso de morte ou passagem para a reforma ou reserva remunerada.

Pelo Estatuto, em caso de morte do associado, seus dependentes farão jus ao auxílio social, a título de auxílio funeral, até o valor máximo de 50 mensalidades. Já em caso de morte de dependente legal, o associado poderá querer o valor de 20 mensalidades.

O Estatuto prevê ainda que, ao ser reformado ou transferido para a reserva remunerada, o sócio poderá receber a importância equivalente a dez mensalidades.

Com os valores, e ACS se fortalece e, consequentemente, a categoria fica mais forte.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *