domingo, março 3
Shadow

Presidente da ACS prestigia passagem da presidência do FAF

O presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), 1º SGT PM Fabrício de Carvalho Moura, participou, nesta sexta-feira (03), da passagem da presidência do FAF (Fundo de Assistência Feminina) da Polícia Militar, em Campo Grande. O diretor de Comunicação da entidade, 2º SGT PM Teófilo Rafael, também participou do evento.

Andréia Lutz Cabral Garnes, esposa do comandante-geral da PM, coronel Renato dos Anjos Garnes, substituiu Raquel do Valle Pereira Gimenez, esposa do ex-comandante, Marcos Paulo Gimenez.

“Em nome de toda a diretoria, parabenizamos a ex-presidente do FAF pelo trabalho desenvolvido e desejamos sucesso a nova presidente nesta nova fase de sua carreira. Que Deus a ilumine em sua nova missão”, disse Moura.

O FAF – O Fundo foi idealizado em 9 de novembro de 1985, por esposas de policiais militares, e declarado serviço de utilidade pública municipal conforme a Lei 2.418/87, e de serviço de utilidade pública estadual conforme a Lei nº 3.424/07. É regido por Estatuto próprio, sobrevivendo exclusivamente de doações de sócios voluntários (próprios policiais militares) e doações esporádicas da comunidade em geral.

Por ser uma entidade filantrópica, tem por finalidade principal atender o bem estar dos policiais militares ativos e inativos, seus familiares e pessoas da comunidade, atendendo no plantão de 24 horas.

Realiza diversos atendimentos, como auxílio de materiais ortopédicos, medicamentos de alto custo, cestas básicas, alimentação especial, educação, assistência nutricional, social, psicológica, auxílios funerários, enxovais de bebê, terapias ocupacionais, orientações, encaminhamentos a profissionais afins, auxílio para restabelecimento da saúde, visitas domiciliares e hospitalares, entre outros.

Os profissionais do FAF/PMMS executam suas atividades na sede administrativa, nos domicílios, hospitais e em outros locais que se fizerem necessários, procurando suprir as necessidades sociais e psicológicas do policial militar e da sua família.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *