quinta-feira, abril 25
Shadow

ACS completa 42 anos de lutas e conquistas

Hoje, celebramos 42 anos de comprometimento, lutas e grandes conquistas da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul). Desde sua fundação, em 5 de março de 1982, a entidade tem sido um farol de apoio para a categoria, protegendo os direitos aqueles que dedicam suas vidas à proteção e segurança de nossa comunidade.

A ACS é a maior e principal entidade representativa dos militares estaduais, com 12 sedes Regionais em todas as regiões de Mato Grosso do Sul: Aquidauana, Bataguassu, Três Lagoas, Coxim, Paranaíba, Corumbá, Ponta Porã, Nova Andradina, Naviraí, Fátima do Sul, Dourados e Jardim.

Teve como seu primeiro presidente o SD PM Eliseu Rodrigues Medeiros. Na reunião de fundação da entidade, explicou aos 32 militares presentes no clube Noroeste, em Campo Grande, o objetivo da associação: defender e lutar pelos interesses da classe, além de servir como um clube recreativo e esportivo. Na ocasião, Eliseu foi aclamado por unanimidade como presidente, tendo como vice o também SD PM Gerinaldo Xavier dos Santos.

Desde então, além de Eliseu (1984/1986), presidiram a entidade o próprio Gerinaldo (1986/1988), Zenildo Dias do Vale (1988/1989), José Corrêa dos Santos (1989/1990), Roberto Pereira dos Santos (1990/1993), Sidnei Couto de Oliveira (1993/1995), José Florêncio de Mello Irmão (1995/2010), Edmar Soares da Silva (2010/2018), Mario Sérgio Couto (2018/2022), e o atual presidente, Fabrício de Carvalho Moura.

Atualmente com mais de 3 mil associados em suas fileiras, a ACS se consolidou como a principal entidade que representa os policiais militares e bombeiros de Mato Grosso do Sul, além de ter encabeçado os principais movimentos reivindicatórios e conquistas da categoria desde sua fundação.

Ao longo de mais de quatro décadas, a Associação tem sido mais do que uma organização: tem sido uma família para os bravos homens e mulheres que arriscam tudo para garantir nossa tranquilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *