Código de Ética: Entidades defendem debate e solicitam prazo para análise com a tropa - ACS PMBM MS
segunda-feira, janeiro 18 Telefone: (67) 3387-8501

Código de Ética: Entidades defendem debate e solicitam prazo para análise com a tropa

Compartilhar

As entidades que representam os policiais militares de Mato Grosso do Sul solicitaram, ao comandante-geral da PM, coronel Marcos Paulo Gimenez, prazo para analisar e debater com a tropa o escopo do Código de Ética e Disciplina dos militares estaduais.

Em reunião nesta manhã, a ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul, AME (Associação dos Militares Estaduais), AOFMS (Associação dos Oficiais) e Aspra (Associação dos Praças) oficializaram o pedido, sugerindo que a proposta seja enviada para o Governo até o dia 1º de março de 2021.

“Trata-se de uma proposta inovadora e extremamente extensa, que inegavelmente mexerá com a carreira, a vida e, por que não dizer, com as famílias militares estaduais”, justificaram as entidades.

A intenção, segundo o diretor de Subtenentes e Sargentos da ACS, subtenente Sérgio Rodrigues Maciel, que participou da reunião, é que a proposta seja discutida com a tropa antes de seguir para análise na Assembleia Legislativa. Ele participou do encontro em substituição ao presidente da entidade, cabo Mario Sérgio Couto, que participa de um congresso da Anermb (Associação Nacional das Entidades Representativas dos Militares Brasileiros) em Belém (PA).

O Comando da PM deverá analisar, junto à PM5, uma forma de dar publicidade ao projeto, para que ele seja debatido com a tropa.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

ACS: Gestão presente, solidária e participativa 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *