Notícias | 10.julho.2017

Verticalização: Governo recebe ACS e fará simulação na folha de pagamento

O presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, se reuniu, nesta segunda-feira (10), com representantes do Governo do Estado para discutir a proposta de verticalização e reestruturação da política salarial das instituições militares.

Deputado estadual Coronel David também participou da reunião. (Foto: Denilson Secreta)

Deputado estadual Coronel David também participou da reunião. (Foto: Denilson Secreta)

Segundo Edmar, o estudo está nas mãos da SAD (Secretaria de Estado de Administração), que fará durante esta semana uma simulação de impacto na folha salarial. Uma resposta deve ser dada até a próxima segunda-feira (17).

“O Estado vai estudar a viabilidade de atender nossos pleitos. Foi pedido até sexta-feira, no máximo até segunda, para termos uma resposta. O Governo vai chamar a ACS novamente para, efetivamente, apresentar sua proposta”, afirmou.

O Governo do Estado, antes irredutível e com uma proposta de reajuste zero, cedeu e ofereceu um reajuste linear de 2,94% para todo o funcionalismo público, inclusive policiais militares e bombeiros, a partir de outubro.

A proposta desagradou os representantes dos militares, já que, no ano passado, o Executivo havia se comprometido em implantar a política de verticalização salarial da categoria.

Pela proposta elaborada pela ACS, o soldado em início de carreira passaria a receber, até 2018, 20% do que ganha um coronel do mesmo nível.

Ainda conforme Edmar, policiais militares e bombeiros serão chamados em assembleia geral assim que a proposta do Executivo for entregue à entidade.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS


Curta Nossa Página no Facebook