Notícias | 27.setembro.2018

HPM: Em conjunto, associações e Comando Geral buscam isonomia salarial

As entidades representativas dos servidores militares trabalham, em conjunto com o Comando Geral da Polícia Militar, na elaboração de uma minuta que, transformada em lei, deverá por fim às discrepâncias salariais existentes nos mesmos postos e graduações. Uma reunião realizada na tarde desta quinta-feira (27) iniciou as discussões para por fim ao imbróglio, que já dura pelo menos 14 anos.

Segundo o presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), cabo Mário Sérgio Couto, atualmente, cerca de 100 policiais militares e bombeiros que entraram na Justiça contra a revisão do HPM (Habilitação Policial Militar), recebem salários inferiores em relação a outros militares da mesma graduação.

Há, por exemplo, sargentos que ganham menos que soldados. A minuta deverá ser elaborada entre as associações e o Comando, e após enviada para a Assembleia Legislativa, onde será transformada em projeto de lei.

Participaram da reunião, além dos representantes das associações, o coordenador de Segurança Institucional do Governo, coronel Nelson Antônio da Silva, e o comandante-geral da PM, coronel Waldir Ribeiro Acosta.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS


Curta Nossa Página no Facebook