Notícias | 01.novembro.2017

Dourados se torna Polo de Ensino Regional do Curso de Formação de Sargentos da PM

Há quase quarenta anos os cursos de formação da Polícia Militar (PM) de Mato Grosso do Sul eram realizados somente em Campo Grande, com o objetivo interiorizar as ações da PM e atender uma antiga reivindicação da categoria, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e intermédio do Comando Geral da Polícia Militar, transformou a cidade de Dourados em Polo Regional de Ensino. O município será sede ainda neste ano do Curso de Formação de Sargentos 2017/2018 .

Nesta edição foram disponibilizadas em todo Estado 300 vagas, dessas 82 poderão ser destinadas para o município. Segundo o secretário da Sejusp, José Carlos Barbosa, essa é uma antiga reivindicação dos policiais militares (praças) e o governador Reinaldo Azambuja foi sensível à solicitação. “Levamos em consideração a questão regional, o fato da cidade estar preparada para ser um polo regional, ter instrutores qualificados e o fato de que inúmeros policiais visando ascender na carreira por intermédio das promoções funcionais, deslocavam à Capital onde passavam de três a nove meses de curso, longe de suas famílias e das unidades de trabalho”, explica.

É importante lembrar que Dourados, no ano passado, já foi sede do Curso de Formação de Cabos, onde o policial durante o seu período de treinamento permanecia uma semana em instrução teórica e prática e a outra trabalhando em sua cidade, em um sistema de revezamento. “O sucesso de fixar Dourados como um polo de ensino é um marco para a formação policial, pois além de elevar consideravelmente o efetivo da cidade, não deixa as outras unidades desguarnecidas”, pontua o titular da Sejusp.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta, reconheceu o esforço do governador Reinaldo Azambuja e do secretário de Segurança Pública, em atender uma antiga solicitação da tropa. Medida que vai manter o policiamento da Capital e da segunda maior cidade do Estado reforçado. “Esse é um fator motivador para o nosso policial, que vai poder ficar próximo de sua casa, mesmo durante o curso de formação”, declara.

Sejusp


Curta Nossa Página no Facebook