Conheça o projeto “PM Ativa”, realizado na Regional da ACS Naviraí – ACS PMBM MS
quinta-feira, julho 18 Telefone: (67) 3387-8501

Conheça o projeto “PM Ativa”, realizado na Regional da ACS Naviraí

Compartilhar

A 7ª Regional/Naviraí-MS desenvolve o projeto “PM Ativa”, que já vinha sendo realizado no âmbito do 12º BPM (Batalhão de Polícia Militar), para tanto, a Direção da Regional vem fornecendo estrutura física e material para as aulas.

O projeto é aplicado há três anos e atualmente vem sendo desenvolvido em parceria com o 12º Batalhão de Naviraí e a ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), atendendo policiais militares da ativa, da reserva remunerada bem como seus familiares de forma gratuita. No local são desenvolvidas aulas coletivas que visam a melhoria do condicionamento físico bem como a interação entre os participantes, colaborando para o bem-estar físico e mental.

O planejamento das aulas fica a cargo da CB QPPM Karen Cristhine Gênova Correa, graduada em Educação Física pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Diretora de Esportes da Regional. A militar é, inclusive, a idealizadora do Projeto.

O PM Ativa surge da necessidade diária que o policial militar tem em praticar atividade física levando em consideração sua rotina de serviço.

“Hoje é notório que os hábitos de vida mais saudáveis, bem como a prática de atividade física, têm alcançado cada vez mais a sociedade. O policial militar tem o condicionamento físico como fator decisivo para sua carreira, haja vista ser avaliado regularmente, e para ser matriculado em determinados cursos, inclusive para promoção, deve estar apto no TAF (Teste de Aptidão Física)”, avaliou o diretor Regional da cidade, Rodrigo Nascimento Bonfim.

Benefícios – “Olhando por outro aspecto, não há o que negar quanto os benefícios da prática de exercícios físicos: o corpo humano é articulado porque foi feito para se mexer. O exercício só tem a colaborar para a manutenção da saúde desse corpo, pois pode-se prevenir várias doenças, como coronarianas, ortopédicas, respiratórias, neurológica, controlar os níveis hormonais, e relacionando à obesidade, que é um problema sério de saúde pública, tudo intrínseco aos maus hábitos de vida, como alimentação e sedentarismo”, relatou a CB PM Karen.

O policial militar tem uma rotina diferenciada de serviço levando em consideração que trabalha em sistema de escalonamento, e quando de serviço tem sua noite de sono, que é primordial para a manutenção do corpo humano, privada. Enquanto dormimos, nosso organismo realiza inúmeras funções e esta é a razão pela qual o sono é um elemento fundamental para a manutenção da saúde.

Secreção do GH (hormônio do crescimento), limpeza do organismo, reposição energética, melhora do aprendizado e da memória e assimilação do trabalho muscular, são apenas algumas delas. A privação crônica do sono pode trazer consequências graves ao organismo: Obesidade, hipertensão arterial, diabetes mellitus, depressão, ansiedade, aumento do colesterol, alterações do humor, prejuízo da memória, síndrome do pânico e acidentes, são exemplos de problemas que podem decorrer do sono irregular.

A corrida de rua traz vários benefícios para a saúde. Mas um dos mais famosos (e procurados por aqueles que querem perder peso) é que essa atividade física acelera o metabolismo. Isso acontece porque correr aumenta o consumo de oxigênio, através da ativação muscular, o que eleva o gasto calórico.

“Levando em consideração os fatores metabólicos e os benefícios que a atividade física pode trazer para a vida do policial militar, chegaremos a conclusão que, com regularidade da atividade sugerida, alcançaremos nosso objetivo que é o de melhorar a qualidade de vida desses profissionais, prevenindo doenças e mantendo seu corpo ativo. Em outro aspecto, com a continuidade do projeto, os participantes irão estar adaptados com a atividade, o que os levará a criarem uma rotina de exercícios, mote maior do projeto”, frisou a idealizadora da proposta.

Para atingir os objetivos, conta Karen, é aplicada metodologia de trabalho com exercícios funcionais, ou seja, são utilizados movimentos com padrões fundamentais para nosso corpo, como empurrar, puxar, agachar, girar, lançar, saltar, entre outros, trabalhando de maneira integral o sistema muscular bem como a parte cardiorrespiratória.

“Tais exercícios auxiliam não só na manutenção do peso, mas também colaboram para o desenvolvimento da consciência e controle corporal, pois com eles trabalha-se a postura, a flexibilidade, o equilíbrio muscular, melhora a força e a coordenação motora e consequentemente um aumento na eficiência de movimentos do cotidiano. Ocorre também uma melhora no desempenho atlético, com um aumento da resistência cardiovascular e muscular, além da estabilidade articular que contribui para a diminuição da incidência de lesões”, reforçou a diretora.

Cada aula é formulada de formas diferentes, normalmente no formato de circuito, com tempo ou número de repetições e séries já estabelecidos pela professora. Os materiais utilizados são alternativos, e fogem do convencional, tornando a aula dinâmica.

Dessa forma, as aulas buscam sempre um melhor atendimento para os policiais militares, bombeiros militares e seus familiares, melhorando a saúde e estreitando laços de amizades.

As aulas são ministradas duas vezes por semana nas terças e quintas-feiras, com início às 07h20 na Sede da 7ª Regional da ACS em Naviraí.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da 7ª Regional da ACS/PM-BM de Naviraí

One Comment

  • AUGUSTO CESAR GOMES DA SILVA _

    Sou suspeito para falar sobre o projeto PM ATIVA. O que tenho a dizer é que é um Projeto de excelência, desenvolvido por uma profissional de alto gabarito, altamente capacitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *