Notícias | 07.fevereiro.2018

CFS da PM será realizado em duas etapas, e comandante quer atender todos os cabos com interstício

Edmar e o comandante da PM, coronel Waldir Ribeiro. (Foto: Arquivo)

Edmar e o comandante da PM, coronel Waldir Ribeiro. (Foto: Arquivo)

O CFS (Curso de Formação de Sargentos) da Polícia Militar será realizado em duas etapas este ano, conforme informou o comandante-geral da corporação, coronel Waldir Ribeiro, em reunião com o presidente da ACS (Associação e Centro Social de Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva. Os dois conversaram esta manhã sobre o certame, que tem levantado diversos questionamentos entre cabos que ainda não possuem o interstício de quatro anos na graduação.

“Assim que terminar as inscrições do certame, o comandante estará encaminhando expediente a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) prorrogando o decreto autorizativo. Assim, uma segunda turma poderá frequentar o curso, ainda este ano, provavelmente em novembro, após as eleições”, afirmou Edmar.

Ainda conforme o presidente da ACS, Waldir Ribeiro afirmou que a instituição tem todo o interesse em preencher as vagas em claro e, caso novas vagas surjam, irá pleitear o preenchimento no certame em novembro.

O comandante disse ainda “que compreende perfeitamente a ansiedade que toma conta de nossos policiais militares, os quais estão sendo convocados neste certame, e que possui todo o interesse em vê-los galgando a graduação de sargento PM, e que sendo assim, não medirá esforços para o aproveitamento total das vagas já autorizadas”.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS


Curta Nossa Página no Facebook