Loading...

Servidores protestam na Assembleia contra reajuste zero proposto por Azambuja

Servidores protestam na Assembleia contra reajuste zero proposto por Azambuja

Representantes de diversos segmentos do funcionalismo público protestaram, esta manhã, na Assembleia Legislativa contra o reajuste zero proposto pelo governador Reinaldo Azambuja. A sessão foi marcada por vaias aos parlamentares e houve, inclusive, princípio de empurra-empurra na entrada do plenário.

Segundo o presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), cabo Mario Sérgio Couto, que participou do ato, a categoria não pode aceitar o índice oferecido pelo Governo.

“Para o Governo, o funcionário público não existe, mas somos a ponta de lança da segurança pública do nosso Estado. O Governo diz que está no limite prudencial, e nós estamos no limite da paciência. Estamos com perdas salariais grandes. Todos sabem que a inflação está altíssima. Tudo sobe, então, não há condições de nos mantermos com esse salário”, afirmou.

Após pressão dos trabalhadores, um representante do Fórum dos Servidores foi escolhido para usar a tribuna. Da ACS, também participaram do ato o vice-presidente, sargento Aparecido Lima, e o diretor do Interior, Ramão Cristino.

Hoje, às 17h, diretores das entidades representativas dos servidores militares de Mato Grosso do Sul irão se reunir, na sede da ACS, para definirem novas estratégias de mobilização.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

2 Replies to “Servidores protestam na Assembleia contra reajuste zero proposto por Azambuja”

  1. Paulo Cesar Lima Pereira

    Reply

    Chega de conversa, só aquartelamento,só isso pode resolver

  2. Manoel Amauri da Silva

    Reply

    Aquartelamento já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *